Ato de usar de um direito, satisfação, prazer, proveito. Imagine a tua consciência entrar em sintonia com Deus, o Criador do universo? Imagine ela saber o porquê Ele te criou na carne, chegar ao conhecimento da consciência, que é o fruto da criação humana, descobrir o espírito que Deus te assentou pela vida e saber que ele será o corpo eterno dela lá no reino de Deus? Pense num gozo e profundo e eterno? A tua consciência se desligará deste mundo, de tudo aquilo que te aborrece e que só te traz frustrações.

Imagine agora a tua consciência ligada numa existência que tem vida própria, que é a existência de Deus, que só te provocará prazeres profundos? Imagine a tua consciência livre de verdade e fazer tudo o que ela quiser?
Nós sabemos que a consciência é um estado, e ela depende de um corpo para se manifestar. Quem ela constituir como ser, é quem se manifestará por ela. Tem consciência que chega a adotar um cachorro para se manifestar por ele. Muitas outras adotam zé tranqueiras, e sofrem nas mãos dele a vida inteira. Mas imagine, veio um do céu, que já está em nós pela vida e que ama a nossa consciência de verdade, e ele nunca nos obriga a nada, e ainda dá a vida a ela, isto é, ele te faz tudo pelo espírito. Mas a carne, além de não te fazer nada por ela, ainda te obriga a tudo.

A questão que vejo aqui, é que a consciência não faz nenhuma avaliação entre o espírito e a carne, pois sempre a carne ocupa todo o tempo da consciência, e ela passa envolvida com a carne o tempo todo e não sobre nenhum tempo para ela se inteirar do espírito de Deus, pois se ela se inteirasse dele, veria que nele está todo o prazer de Deus, como João, o batista, disse ao ouvir uma voz do céu se dirigindo ao espírito, que disse: este é meu filho amado em quem a minha alma se compraz. Imagine Deus ter prazer na tua consciência, e ela sentir todo o prazer de Deus? Quer gozo mais profundo do que este? Imagine a tua consciência sendo arrebatada ao céu?
Meu, puts, isto existe e só depende da tua consciência, é só ela se inteirar do propósito da vida e se entregar ao espírito de Deus, ou ela julga melhor sofrer os tormentos da carne e por fim ainda cair no vazio eterno?