Brandura, índole pacífica, tendência natural, amigo da paz, sereno, tranquilo, céu aberto, prudente, pacífico, domesticado, dócil, amável e mais um monte de adjetivos brandos. Imagine a tua consciência num lugar sozinha, ouvindo só o som da natureza, os pássaros cantando, voando pelo céu, o som de uma cachoeira ao fundo, o vento fresco batendo em sua pele, e até o som das folhas secas caindo no chão. Este é o estado da mansidão, não se conta o tempo e nem se tem nenhuma obrigação.
Isto tudo já está preparado por Deus a nós, e Ele nos dá a porção diária de tudo que precisamos. Nós estamos neste mundo por seu propósito, e não existe outro que mais quer que este propósito se realize, senão Deus. E nós já nos entregamos a Ele de fato e de verdade. Ele mesmo realizará o seu propósito em nós pelo seu espírito, que Ele mesmo já nos enviou para nos guardar neste caminho, e este mesmo anjo levará as nossas consciências até o lugar que Deus nos preparou para nos receber pelo espírito. E este mesmo anjo, será o nosso corpo eterno lá no plano do céu.
Não precisamos ter pressa, pois o nosso tempo agora é o eterno, e enquanto ainda estamos neste mundo, trabalhamos nesta obra de Deus, que é colher novas consciências para o seu propósito. É um trabalho árduo, mas que nós fazemos com muita satisfação. Temos que elucidar as consciências que não sabem deste propósito, e mostrar a vida eterna a elas. Temos que ter muita paciência, muita perseverança, pois sabemos que estamos nos finais dos tempos e Deus nos levantou para cumprir a sua última profecia, que é justamente a pregação deste evangelho lá do reino com ciência e inteligência.
Nós vemos que este mundo está em alvoroço, todos alteraram seus ânimos, estão inquietos, sobressaltados, mas nós, com o espírito de mansidão, temos que colocar as casas em ordens, cada coisa no seu lugar. Se não nos ouvirem é uma outra história, mas a nossa parte por Deus, temos que fazer com muito amor.

Nós levamos a paz aos corações, e dizemos as consciências: o nosso Deus reina nas consciências de boa vontade. Nós não podemos entrar no agito do diabo, pois sabemos que ele tem pouco tempo, por isso ele alterou o comportamento das consciências, e nós vemos as pessoas agitadas, inquietas e nós não podemos entrar neste agito do diabo, mas temos que ser serenos, pacíficos, e levarmos a palavra da verdade a cada consciência. O propósito de Deus não é nada disso que vemos os seres humanos fazerem, não é nada disso que se dizem nas religiões, mas o espírito de Deus já está dentro de cada um de nós, e é ele que nos mostra e nos guia no caminho da vida. Nós não temos que esperar por ninguém, mas seguir este espírito que Deus já assentou dentro de cada um de nós. É este espírito que nos levará ao céu e a Deus.