No diário do meu coração
Escrevi muitas linhas por mim mesmo
Era uma história de ilusão
Que não teve um bom desfecho

Mas um dia despertei
Pela luz da sabedoria
E assim me enxerguei
Espelho interno que refletia

Vi que tudo desse mundo passará
E as pessoas também se vão
Não adianta um caminho traçar
Pois os ventos mudam a direção

Há um lume em nosso interno
Que vê muito lá a frente
Ilumina nosso universo
Deixa sã a nossa mente

Assim vejo claro o caminho
Por onde devo passar
Arranquei muitos espinhos
Que insistiam me machucar

Cada aurora, uma esperança
Paciência e serenidade
A vida escreve em minha alma
Os traços simples da liberdade

São escritos da verdade
Que mantém meus pés no chão
Mas voo alto pelas cidades
Entoando sua canção

Por Michele Mi