Rocha firme e bem fundada, assentada em nosso ser, a alma que nela se edificar, jamais irá fenecer. Ela habita em nosso âmago, porção pura do divinal, mais alta que qualquer alcantil, seu plano é o celestial. Encontrei em meu interno esta base preciosa, não há nada do lado externo que deixe nossa consciência tão esplendorosa.
Minha maior felicidade, foi descobrir minha razão, a verdadeira liberdade para o meu e qualquer coração. A alma firmada no alcantil, não se abala com nada desse mundo, cuida de si com zelo e limpa o seu profundo.

A visão deve ser pura, ouvidos inclinados ao céu, lábios assopram candura, que limpam e rasgam o véu. Mãos que confortam e levantam os fracos e desfalecidos, pés ordenadamente no caminho do raciocínio. Sobe ao topo da sabedoria que não se encontra entre os mortais, pois estes vivem de mesquinharias, brigando por coisas banais. Firmada no alcantil sentimos o clima celeste, brisa suave e serena, longe dos tormentos terrestres. Temos que escalar a montanha, seguir firme nosso rumo, desbravar o próprio eu, seguindo a linha e o prumo. Chegará o tão almejado dia, de concluirmos nossa jornada, plano eterno, amor infindo, uma linda alvorada.

Por Michele Mi