Novo tudo, nova visão, algo nunca visto antes, estava oculto no coração, mas presente a todo instante. Melhor notícia não há, do que ouvir a verdade da vida, ela liberta os cativos, e deixa a alma em harmonia. Seu som está sendo emitido, por falas, poesias e canções, os instrumentos estão afinados, produzindo belos sons. Mas quem entende a linguagem, pura e genuína do céu? Os ouvidos estão embotados, precisando rasgar o véu. A falta de compreensão é o motivo desse gosto amargo de fel. Mas o soar das boas novas ecoará aos quatro cantos da Terra, quem sabe alguma consciência veja o motivo e a razão dessa esfera. És a luz da sabedoria que dá vida a todo aquele que praticar, gerar em si a semente infinda e aguardar ela vingar. Seus frutos serão de paz, serenidade e confiança, os medos ficarão pra trás, no olhar brilhará a esperança. Expectativa do porvir, a colheita eternal, novos céus e nova terra, nascimento celestial.

Por Michele Mi