Pela fresta do meu eu
Adentrou a luz infinda
Dissipando todo breu
Raiando a sabedoria

Reconheci esse campo
Espelho de minh’alma
Olhar elevado e amplo
Manifestei sua alva

Fez-me ver cada detalhe
Mostrou-me o segredo da razão
Disse-me: Vá e espalhe
Semente do bem aos corações

Então transbordou em meu imo
Fonte de águas celestes
Jorrando pelo caminho
Chuva divina que enobrece

Acalento para as almas
Compreensão e sentimento
Leveza e pura calma
Dose certa de entendimento

Quero ver brotar a paz
Nesta terra “coração”
Imo dourado que compraz
Fortaleza de leão

Inocência de criança
Diante de todo ser
Ainda há esperança
Da luz da vida florescer

Beleza e joia rara
Tesouro na palma da mão
Riqueza que não se compara
Escondida no coração

Por Michele Mi