Minha alma guarda a preciosidade
Sabedoria divina
Riqueza da divindade
Minha vida, minha sina

Atada ao meu pescoço
Beleza do meu interno
Abrilhantou o que era fosco
Estrela do meu universo

Carrego-te comigo
No fundo do meu coração
Faço-me seu abrigo
E me acalentas com sua mão

Relicário
Eterno guardador
Deixou de ser solitário
Preencheu-se de amor

Reciprocidade
Uma troca natural
Veridicidade
Completude mental

Valor inestimável
Imensidão que não se pode contar
Ensina-nos o que é ser amável
Dê asas para alma voar

Iniciou com um cantinho
Do lado esquerdo do peito
Mas tomou conta do meu imo
Mostrou-me quem é o sujeito

Relicário
Eterno guardador
Deixou de ser solitário
Preencheu-se de amor

Por Michele Mi 
Tema sugerido por: José Carlos – Santa Fé/PR