Os compromissos nos escravizam
Nem vemos o tempo passar
Correria desenfreada atrás do nada
Não resta um minuto pra pensar

Uma rotina constante
Não percebo meu respirar
Um ciclo entediante
Não consigo me libertar

Preciso de uma pausa
Para analisar os meus feitos
Ver o que eles me causam
Quero sentir a paz em meu leito

Nossa passagem aqui é tão curta
Qual é a minha razão?
De que vale todas estas minhas lutas?
Preciso me dar a devida atenção

Quero voar nos pensamentos
Livre como os passarinhos
Expressar os meus sentimentos
Rimar alguns versinhos

O sistema dessa esfera
Aprisiona nossa mente
Tenho que cuidar da minha terra
E plantar a boa semente

A paz que eu tanto busco
Não está do lado externo
Tudo que eu necessito
Está em oculto em meu interno

Sou eu que tenho o poder
De pensar e decidir
Dar um basta no que me afligi
E me impede de sorrir

Por Michele Mi 
Tema: Márcia Rocher – Apucarana/PR