Campo fértil para o plantio
Regado com chuva celeste
Clima favorável, terra no cio
Semente resistente como cipreste

O vaso é frio e de barro
Mas tem o seu papel
Podendo ser honrado
E alegrando até o céu

Guarda em si grande tesouro
Semente do divinal
Necessário cavar-se até ao profundo
Internamente abissal

Vaso valoroso
Reconhece sua importância
Sapiência do majestoso
Flores da temperança

Seus frutos são dignos
Beleza reflete no espelho
Luz que irradia do imo
Lábios sopram o bom conselho

O outono carregou as folhagens
Fase de transição
Suportou a estiagem
Raiz firme na razão

Resiste as tempestades
O frio e o calor do verão
Primavera exuberante declara
O florescer do coração

Vaso valoroso
Reconhece sua importância
Sapiência do majestoso
Flores da temperança

Por Michele Mi

Tema: Simone Nascimento- Taboão da Serra/ SP

Participe você também dos poemas! Faça sua sugestão enviando um tema. Ele será veiculado aqui e no site www.razaodavida.com acesse!