Na carne somos apenas criações de Deus e descartáveis, mas os filhos legítimos da vontade de Deus são os nascidos no espírito, pois Deus é espírito e não têm como Ele gerar de si mesmo filhos na carne. O carro, por exemplo, é apenas uma criação do ser humano e foi criado para servi-lo. Como que o ser humano pode ter um carro como filho de si mesmo? Assim também, o ser humano é uma criação de Deus e não um filho legítimo da sua vontade, mas os gerados no espírito, estes são os filhos de Deus.