O propósito da vida existe e nós já estamos dentro dele. Já produzimos a consciência e agora temos que purifica-la para que o senhor possa habita-la, se não fizermos isto, vamos joga-la no vazio eterno. Isto não é brincadeira, mas é sério. Um dia vamos morrer na carne, e sabemos disso, e se não desligarmos as nossas consciências da carne e ligarmos no espírito, vamos perecer na eternidade.