A ambição é um desejo muito forte de ter as coisas, de se gloriar, de honraria, de poder e de qualquer coisa do gênero. A ambição é uma expectativa ardente em relação ao futuro, e Salomão até disse sobre este assunto, que há tempo para todas as coisas debaixo do sol, e que há tempo de plantar e de colher, tempo de nascer e tempo de morrer, mas o ambicioso quer que as coisas nasçam antes do tempo determinado por Deus, por isso nós vemos hoje, principalmente na lavoura, os fertilizantes para que a colheita seja breve, e até nos animais eles usam compostos para crescer logo o animal.

Mas levando isto para este mundo, o ambicioso nunca se satisfaz com o que tem. É como cair num poço sem fundo, é o meia, meia, meia do apocalipse, uma dízima periódica, e nada satisfaz a alma do ambicioso, e ele nem acabou um projeto ainda, e já tem novos projetos para aumentar a sua fortuna. Todo ambicioso tem este mundo no coração, e não ambiciona nada lá do céu. Jesus disse: de que vale ao Homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma?

A única coisa que o ser humano deveria ganhar, seria a sua alma, que ele produziu como criação, é para isto que ele deveria fazer como João, o batista, que disse: quem tem a noiva, que é a consciência, é o noivo, que é o espírito de Deus, mas o amigo do noivo, que é a carne, fica feliz de ouvir a voz do noivo, e este meu gozo já está cumprido, que de agora em diante, o espírito cresça por minha consciência e que eu na carne diminua. Esta seria a única maneira do ser humano, salvar a sua alma, pois de outra maneira, ele a perderá

Mas as consciências desejam tudo neste mundo, mas nenhuma delas se importam com a vida eterna do espírito. O espírito também é uma existência, e ele também tem um corpo cheio de vontades e desejos. Acontece que ele habita outro plano, e todas as coisas que o espírito quer e deseja, estão no plano dele. Se a consciência se entregasse de verdade a ele, ele a transporia de planos, e lá no plano dele, ele viveria por ela eternamente. De que vale juntar bens neste mundo, se você não levará nada?

A ambição também é uma doença da alma que a tira da vida eterna do espírito, só que ninguém toca neste assunto, porque todas as consciências têm esta mesma doença, e nenhuma delas consegue diagnosticar este problema, nem os psiquiatras que estudam as doenças das almas.