Tanto a coabitação quanto à fome, fazem parte básica das necessidades humanas e é lógico que quando estamos com fome, pensamos em comida, assim como quando estamos com sede, pensamos em algum liquido que mata a nossa sede. Quando estamos com vontade de fazermos as necessidades fisiológicas, pensamos no banheiro, e desta mesma forma, quando estamos com o desejo da coabitação, é normal a mulher pensar no homem e o homem pensar na mulher.

A coabitação faz parte das necessidades das espécies, pois é através da coabitação que as espécies se reproduzem, e se não fosse pela necessidade da coabitação, este mundo seria vazio em todos os sentidos. Por isso toda fêmea exala um perfume no período fértil, que atrai os seus machos, mas no caso dos animais irracionais, que não tem consciência, eles são atraídos só no cio das fêmeas. Mas no caso do ser humano, que produziu a consciência, este apetite da coabitação, pode ser descontrolado, e este descontrole é o que chamamos de lascívia, que é o comportamento desregrado com relação aos prazeres do sexo, e isto está vinculado a luxuria, e isto é uma doença da alma, assim como o apetite desordenado, que chamamos de glutonaria, que é a pessoa que come muito, e que só pensa em comida. Estes dois comportamentos também é um desvio de conduta e doença da alma.

Não se fala em pecado, tudo que é segundo a regra, mas tudo que é desregrado é considerado pecado e doença da alma. Tudo que foge as necessidades normais de uma criação, é desvio de conduta, e desvio de conduta é considerado pela psicanálise como doença da alma, pois a doença da alma, se instala na consciência, e tudo aquilo que prende uma consciência, como o apetite sexual desordenado e a glutonaria, é pecado. E hoje, é tão comum isto no nosso meio, que até se ganham muito dinheiro com isto, haja visto os inúmeros programas na televisão que só falam de culinária, ou que desperta a vontade sexual das pessoas, e isto no modo de vestir, nas roupas ousadas, no perfume, na sensualidade, tudo para atrair o sexo oposto.

As mulheres já andam com esta intenção, e os homens também, e este mundo se tornou em um bacanal, uma orgia generalizada, e hoje nós vemos este desvio até entre homens com homens e mulheres com mulheres.Se a consciência não for extremamente ligada no espírito de Deus e desligada da carne, ela deixará ser levada pelas tentações do mundo que se tornará numa lasciva ou numa glutona. E se ela der um só passo falso, cairá de vez na tentação e não se levantará nunca mais.