São tantas coisas acontecendo
Aquecimento e a Terra tremendo
Suicídios, pestes e destruição
Um mundo sem nenhuma solução

Só se atentam para o ilusório
O que jamais irá acontecer
Escutam estes escroques do diabo
Perdendo a tua razão de viver

Seguem rumo a um precipício
Ninguém desconfia de nada
Pois dizem que Jesus já morreu em uma cruz
É ele quem vai resolver esta parada

Será que nunca irão acordar
Que para viver tem que morrer
Entrar em óbito deste mundo
E no espírito renascer?

Passa um dia, entra o outro
E tudo continua na mesmice
É só mais um sem entendimento
Numa estatística muito triste

O tempo está passando
E você nem percebeu
Que a carne um dia morre
E do céu já se perdeu

Por Régis Roberto