Profecia é a “ação de predizer (prever) o futuro, que se acredita ser por meio de uma inspiração divina ou pela dedução a partir de fatos reais.”É presságio, previsão, prognóstico!

Ao falarmos de profecia, não podemos deixar de citar alguns profetas de Deus: Malaquias, Isaías, Jeremias, Daniel, João, este do Apocalipse…dentre outros. Hoje, podemos comprovadamente ver as profecias se cumprindo: guerras, pestilências, fome, desamor, etc. Vemos também o ceticismo com que é visto o propósito de Deus, fato este que remota desde os primórdios e o desprezo por Sua verdade. São bilhões de consciências, acharcados em seus enganos, buscando neles (nos enganos) justificativa que seja plausível ao modo vil com que procedem em suas vivências, fundamentando-se no dito “incondicional amor” de Deus, crendo assim a qualquer custo, serem redimidos. Fim dos tempos!

Profecia é alerta e assim diz o Senhor: “sai dela povo meu, para que não te incorras em suas pragas e seus flagelos…”e se cumpre! A consciência humana está claramente sendo assolada pelos desejos carnais, doenças que brotam em força e quantidade, por conta da abstinência de vida que está no espírito de Deus, o Senhor, do qual não fazem caso e buscam ocasião para rejeitá-lo.

Todavia, profecia se cumpre e a última é a de que o evangelho do reino será pregado, será ouvido aos quatro cantos da Terra, que todo ser vivente ouvirá do Senhor e de Sua verdade!  Testificamos que tal fato já começa a se cumprir, embora tímido, mas o levante do Senhor será grandioso e “aos que tem ouvidos, ouçam o que o espírito diz”, atentem-se para a  palavra,  à verdade,   a fim de que o sol da justiça nasça e resplandeça, iluminando todo o negro vale com Sua maravilhosa luz, sarando, curando, transformando, pois logo haverá o fim!

 

Por Loir Xavier