A palavra recomeçar já subentende mudar, trocar, quebrar estruturas, fazer novo, deixar as coisas antigas, traçar novos objetivos, reestruturar-se. Todo recomeço requer prática, foco, atenção, pois afinal trata-se de um renascimento. A consciência que chega ao entendimento do propósito de Deus e se propõe a realiza-lo em si está ciente de que trata-se de um nascer de novo. Sabemos também que todo recomeço se dá de forma gradativa, entretanto não se deve levar uma “eternidade” para tal, pois um dia essa eternidade chega e tudo dependerá se seguimos ou ficamos parados ao longo do caminho olhando para trás. Lamentar-se jamais por deixar o que nos tira a vida. Exaltar, sim o que nos liberta. Reconhecer-se como consciência e manifestar o espírito de Deus que vive em nós, sermos guiados por ele. Sentir-se filho legítimo do Pai, buscar com afinco, trilhar o caminho deixando as práticas que nos afastam da vida eterna. Alçar vôos plenos nas asas do espírito rumo a eternidade.

Por Loir Xavier