É um instrumento usado para dar orientação, guia, direção, muito usado na travessia de um caminho à fim de não errar e perder-se. Em nós temos uma bússola vinda diretamente do céu, mandada pelo Criador para ser o condutor durante o percurso percorrido por nós aqui nesse tempo, nesse lugar, além do que a vida provêm dela. Mas o que vemos são vidas sem direção, perdidas, parando em todo tipo de bifurcação que encontram ao longo do caminho, que tornam os passos lentos pesados, trôpegos. Mochilas abarrotadas de desejos, realizações e sonhos carnais que acabam por apagar o brilho reluzente da luz, que não eclode, pois sequer a bússola foi acionada. Titubeantes, incertos e duvidosos do caminho deixam-se guiar por outros também perdidos, dando-se conta que o caminho fácil acaba no vazio sem volta e eterno.

Por Loir Xavier