Liberdade, anseio do coração do Homem! Mas não és livre? Não tens o direito de ir e vir, de pensar, falar, expressar, dentro das normas e valores sociais? Se todos afirmam serem livres, porque ainda buscam o caminho da liberdade? Por que o cárcere explícito em cada olhar? Ser livre é um estado da consciência, não uma condição que depende de um sentimento proveniente de situações, que hora vem e hora vai. Quando somos livres e para o sermos, nos tornamos responsáveis pelas nossas decisões, pois somos nós quem as tomamos e com isso assumimos a autonomia de tudo de bom ou ruim que isso nos acarreta. Estamos dentro de um propósito e dentro deste contexto, liberdade é escolha! Nascemos livres, mas nos encarceramos, agora cabe a nós desfazermos os elos que nos acorrentam. Porém, não são algemas que prendem nossas mãos ou correntes que impedem o agir de nossos pés, mas o que possa tolher nossas consciências do sabor da verdadeira liberdade. Pois bem, não podemos falar sobre liberdade sem citar que há em nós duas existências, uma carnal e outra espiritual, e também o produto da criação, a consciência, onde tudo se dá. É a consciência que ao desempenhar suas funções se fará livre ou não, pois a liberdade está justamente na escolha em sobre qual existência se dará o seu proceder durante sua vivência, sabendo que uma prende, a outra liberta e esta escolha deve ser racional. Então qual o caminho da liberdade? Pois bem, diante do Homem há dois caminhos: um de morte e outro de vida. Um caminho, oferece liberdade fictícia, ilusória, momentânea, em que a sensação das grades prisionais é constante, embora estejam livres, contudo a consciência está presa ao que fenece e seu fim será o de morte eterna. O outro caminho é o que oferece a liberdade desde agora, pois a consciência que nele adentrar e firmar os passos, estará sendo direcionada e conduzida à liberdade eterna pelo senhor, o espírito da vida, e no final nascerá em novo céu e nova terra, onde tudo é constante e perpétuo!
Liberdade, anseio do coração do Homem escolha!

Por Loir Xavier