Vamos celebrar uma nova vida! Essa é a primeira frase daqueles que mudam de vida. Mas qual a mudança? De que vida? Geralmente a celebração vem ao encontro de algo ou de uma situação conquistada na existência carnal, cuja consciência continuará a mesma, atrelada ao mundo que por conseguinte está ao engano e seus ardis. A vivência, que chamam de vida, seguirá sendo do mesmo modo, talvez um pouco melhor devido ao motivo da celebração, mas na mesma correria frenética e desenfreada, que lhes roubam o tempo e a paz. Porém, aos que permitem-se conhecer a vida, que está no espírito de Deus, e não tem nenhuma relação com esse mundo, que nos completa, nos faz inteiros, nos conduz pelo reto e perfeito caminho, nos insta à prosseguir, nos torna filhos, nos faz eternos. Aos que deixam a morte e voltam-se para a vida, desfrutarão o melhor e maior dos sentimentos e viverão em todo o tempo uma grande celebração por enfim mudarem e encontrarem a verdadeira vida!

Por Loir Xavier