E dessa chuva quero encharcar-me! Molhar-me por inteira, desde a cabeça aos pés! Sentir suas gotas penetrantes molharem e lavarem o meu profundo. E como criança correr, pular, sorrir, me lambuzar de sabedoria. Desfrutar do conhecimento e cada dia mais sentir o gozo do entendimento. Sei hoje o que sou, para que eu vim e para onde estão direcionados meus passos. Ainda tenho muito à prosseguir e ao longo do caminho certamente terei infinitas paisagens para contemplar e por elas aprender o que meu senhor está revelando. Lapidar a minha pedra bruta até torná-la joia adornada pelo espírito santo de Deus. Sei que o tempo aqui é rápido! Mas sei também que nada se compara com a glória que está por vir, e a quero contemplar!

Por Loir Xavier