“Ao Rei eterno, o Deus único, imortal e invisível, sejam honra e glória para todo o sempre. Amém!”1 Timóteo 1:17
A palavra honra tem sua origem no latim. Ela vem das palavras: honoro, honorare, honoratum. Honrar significa: exaltar, elevar as alturas, glorificar, respeitar, reverenciar, obedecer, etc. Ao falarmos sobre honra, logo nos remete a consciência uma frase comumente usada : somente Deus é digno de honra! Sem dúvida, não há argumentos contra tal afirmação.
Mas que honra Ele tem recebido de sua criação principal? Nenhuma!!! Sabemos que Deus é o Criador do céus, terras, mares e de tudo que neles há, que suas demais criações o honram, dignificam e o glorificam diuturnamente, cada qual cumprindo com sua função. Mas e o humano pensante? Bem, a resposta para tal pergunta, tende a passar pelo conceito de honra que as consciências têm para si.
Comprovadamente, pois vemos que honrar a Deus num conceito geral e errôneo é frequentar os templos, levantar as mãos em adoração, abrir os lábios e entoar louvores, confessar os pecados , fazer devocionais, ler a bíblia, orar, jejuar, mas tudo em beneplácito da carne e de suas realizações, como numa espécie de escambo.Porém, honrar é principalmente respeitar e obedecer.
Portanto, devemos honrar a Deus com nossas consciências pois é ela que Ele deseja ,é nela que o senhor deve ser dignificado. Honrar a Deus é buscar conhecer, entender e cumprir com Seu propósito, realizando-o em obediência na consciência. Para tanto é necessário abdicar de tudo que a liga aos prazeres carnais, que provocam sentimentos que escravizam, encarceram e que retiram-na da presença do Altíssimo.
Digno é merecedor, honrado, justo, valoroso, benemerente. Digno de honra é o Senhor, pois era, é e sempre há de ser eternamente!