Palavra que para bilhões provoca calafrios! A morte para o ser humano é algo incompreensível, inaceitável, pois será o dia do fim da vida ou da continuação dela. Sabemos que tudo já foi estabelecido por Deus, pois estamos dentro de um propósito do qual Ele é o mentor, e que se dá em fases. Já estamos passando ou vivendo sua segunda fase, agora como seres humanos e é nesta fase que produzimos a consciência que deveria ser em benefício Dele, sendo a casa do espírito que em nós assentou e que nos vivifica. Contudo não é essa a realidade que temos, pois a carne domina as consciências e é daí que surge a incompreensão, a inaceitacão e o medo da morte, por estarem completamente ligados, enraizados, acorrentados ao que morre, ao que sequer vida própria tem, ao que acaba, ao que está lançando-os à uma vazia, eterna e definitiva fase.

Por Loir Xavier