Sitiada em seu significado é o que está rodeada, assediada, cercada. São os medos, as angústias, a dependência química e social e tantos outros que fazem parte do exército carnal, cercando e montando trincheiras, cada qual em seu ponto estratégico de ação, dentro do campo da consciência. Um verdadeiro exército alimentado pela própria consciência, que luta contra si mesma por estar entregue aos desejos sórdidos da rainha no comando. São súditos que obedecem fielmente ao comando pérfido e vil da rainha maldita, que embora estejam sendo bombardeados, nisto sentem prazer tamanha a dependência e obediência. Não ouvem a voz e não veem a luz mostrando o caminho estreito que as tiraria de tamanha guerrilha e lhes mostraria a saída, a salvação. E a luz, bate e ilumina um pouco ainda o peito, sentindo com pesar e desolação por ver os que veio buscar, enfileirados, perdidos, sem redenção!

Por Loir Xavier