Ver, segundo o dicionário, pode dentre tantas outras definições ser um: conceito, opinião, conhecer ou perceber, contemplar, ponderar, deduzir, examinar, enxergar, ser testemunha, olhar para (algo, alguém ou si próprio), reconhecer, etc. Ver é um verbo, conjugado em ação! Ver não é somente passar os olhos até onde a vista alcança, mas mergulhar na profundidade da ciência, da riqueza, do conhecimento e da sabedoria de Deus! Este, visto pelos olhos do entendimento através do raciocínio. O que de fato você vê? Esse foi o questionamento feito a mim! Pois bem, vejo diante de meus olhos todo o propósito de Deus estabelecido a mim! Junto a esse, o caminho por onde minha consciência deve trilhar até cruzar o rio e chegar do outro lado.

Devo lembrar que, antes de ouvir a verdade de Deus, tateava feito cego, escorando em tudo que encontrava pelo caminho. Mas não foi o ouvir que me despertou para tal verdade, mas vê-la por mim mesma, ao ponderar, examinar e por fim contemplar.

O que de fato vejo? Vejo todo o propósito de Deus e nele me vejo, eu, a consciência, que é de uma grandeza imensurável, onde Seu espírito quer fazer morada.

O que de fato vejo? Me vejo, me reconheço! Olho para   mim como um todo, vejo o que de fato devo ser e busco. Vejo e sinto, que a cada água do céu que desce sobre minha cabeça, o espírito de Deus, meu senhor alarga meus olhos para que eu mergulhe em minhas profundezas densas, escuras e lá faça resplandecer Sua maravilhosa luz, que traz cura e vida abundante à medida do meu caminhar! É um trabalho conjunto de bordar e transformar!

O que de fato vejo? Hoje me respaldo na verdade de Deus, não mais em conceitos e ou opiniões fiados em entendimento alheio, mas naquele que verdadeiramente vem do Senhor, aquele que chega, rasga o véu e se acomoda, trazendo paz e compreensão.

Ver também é escolha! E eu escolho Deus!

 

Por Loir Xavier