Ao termos o conhecimento de que estamos dentro de um propósito e que este é de Deus, que sempre foi desde o princípio e que pra sempre o será, e o entendimento de que a vida está no espírito Dele assentado em nós, então tudo aquilo que dantes tínhamos como verdade cai por terra. Pelo raciocínio, constato que a carne que compõe meu corpo não é absolutamente nada sem o espírito que nela habita, pois ele é quem a vivifica possibilitando assim que exista e que tenha mobilidade. Nela, nascemos, crescemos e produzimos a consciência de tudo, mas esta logo se subjuga aos seus domínios a ponto de acreditar que nela viverá eternamente, contrariando a afirmação de que o pó voltará ao pó, portanto se acabará. Ela, a carne, é totalmente dependente do espírito, mas ainda assim domina por completo as consciências, que foram produzidas por ela, e que sofrerão o dano da morte eterna por ignorarem que o eterno está no espírito. Vida, somente no e com o espírito de Deus. Ele, a porção de Deus, veio para buscar os que se fizerem seus. Veio para todas as consciências que fizerem dele senhor absoluto e as tais no dia final voltarão com ele para a casa do Pai e ali ficarão eternamente!

Por Loir Xavier