Dias de sol
As flores exalam
Canta o rouxinol
Ao som das gotas do orvalho

Aquecendo os corações
Poesias e canções
Várias interpretações
Afim de brotar emoções


Sentimentos que destilam paz
Na intenção de plantar nos imos
Que cada um se compraz
Ao regar-se pelo amor do tino

Água maravilhosíssima
Que refresca como brisa leve
Beleza de uma flor de orquídea
Vestido de um lírio que tece


Engrandece
Enaltece
Enriquece
E resplandece

É sol que aquece
Feito cobertor e lenha
É a vida que fortalece
Ateando no peito a centelha

E esvai-se a frieza na veia
E o sangue corre quente
As pálpebras sem olheiras
Faz dormir tranquilamente

Assim é o calor da vida
Que abriga a harmonia com serenidade
Traz à alma a estacão infinda
Florescendo as pétalas da verdade


Dissipa todo o inverno
Prevalecendo o verão
Faz primavera no interno
Prepara o outono no coração


Banhando de alacridade
Os simples de entendimento
Oferece a divindade
E o rancor faz tirar do peito

Aquecedor eterno
Fogueira de amores infindos
Aqueça o meu interno
E queime o que for preciso

Patrícia Campos