Deus quando criou o mundo tinha uma visão diferente de como seria as coisas, achando que ia ser apenas um caminho a se percorrer neste plano material, e que todas as consciências se entregariam ao seu filho, cumprindo com a sua vontade, e assim o mundo seria uma maravilha para se estar.

Assim como é puro o céu, deveria ser pura a Terra, assim como é em paz o céu, em paz deveria ser a Terra. Mas tudo virou dos avessos e o mundo inteiro se corrompeu com desejos vãos, que irão passar e falecer, como seus corpos mortais. Mas o que ainda pode ser puro, sensato e em paz, é só a sua consciência, ela ainda tem chance de se entregar a vida, e ser livre, mesmo estando neste mundo.

Todos hoje já vivem um pedacinho do céu ou do inferno, mas como vemos nos olhares das pessoas, estão todos vivendo seus infernos, suas dores que consomem, achando que é normal viver desta forma, presos e cativos de si mesmos.

Eu descobri a razão da vida, o porquê de estarmos neste mundo, mas ninguém se interessa por isso, preferem ficar vazias, e assim se sentem, vazios, sem nada, e buscam se preencher com coisas materiais, buscam na família, no emprego, em uma viagem, no dinheiro, mas mesmo alcançando o auge de seus sonhos, nunca encontrarão a felicidade. Por que como encontrar a felicidade se ela não está aqui?

Por Luíza Campos