Se eu, que sou uma de suas criações, já sei, imagine ele que criou todas as coisas? Imagina a estrutura que se montaram para o simples fato de uma lâmpada acender? O fio sai da lâmpada, passa por um interruptor, que vai até um relógio medidor, que vai até um poste, e que de poste em poste chega a uma central, que sobe mais alto a uma torre, e que de torre em torre anda até milhares de quilômetros até chegar a uma hidroelétrica, onde já se fizeram uma barragem de concreto, para armazenar as aguas que faz movimentar turbinas para gerar a eletricidade. Se não houvesse toda esta infraestrutura, a lâmpada simplesmente não acenderia. Toda esta estrutura não teria nenhum valor se a lâmpada não acendesse.

Olha também a estrutura que se criaram para que o carro nos sirva. Foram construídas estradas, ruas, avenidas, pontes, viadutos, tuneis, postos de combustíveis, borracharias, oficinas mecânica, auto elétricos, implantaram até leis de transito, tudo para que a criação carro nos servisse.

Assim também Deus criou todo o sistema solar para nos servir de estrutura para que produzíssemos a consciência que interessa a ele. Não só toda esta estrutura física, como também os alimentos, a agua, o oxigênio, o clima, até criou também o macho e a fêmea para a reprodução das espécies, e fez tudo com muita sabedoria e inteligência, e tudo isto para o simples fato de produzirmos a consciência. Este é o fruto do bem e do mal que o homem comeu, o fruto dos dois caminhos. O problema é que as consciências pegaram o caminho do mal, isto é, o caminho da carne. O caminho do bem seria produzir consciência do espírito e andar por ele, pois Deus, o nosso Criador é espírito e só pelo espírito alguém pode agrada-lo.

Então, Deus é um ser sábio e sabe tudo que faz, criou este mundo, deu toda estrutura para que o homem produzisse a consciência, mas as consciências escolheram o caminho da morte.