A verdade é própria de Deus e ouvi-la em qualquer circunstância da vida faz bem ao coração. Tem verdades que dói e machucam, e apesar de apertar o peito eu sempre penso: esta verdade que me foi dita é para o bem de minha alma, pois como curar sem dor? Como sarar se não colocar remédio? A verdade precisa ser sempre dita, pois é a única maneira que vejo de tentar deixar o coração livre para o espírito de Deus, e a partir daí dependerá da consciência enxergar esta verdade, viver, sentir e praticar nela o propósito da vida.

A consciência que antes tinha como base a carne, agora  luta dentro dela para lhe tirar esse reinado morto da rainha das trevas e isto para quem anda ou tem conhecimento do caminho da vida sabe que as marcas de sangue do seu antigo corpo mortal vai ficando para trás em cada rua que atravessarmos, os membros mortais vão se desfalecendo na estrada desta vida, a alma chora, pois ela sente o queimar do deserto em seus pés e é aonde entra a compreensão de cada acontecimento no interno do próprio coração.

É muito importante para a consciência se compreender, pois a sabedoria junto com a verdade cura e alivia bastante as feridas de uma alma que está se desvinculando do que morre para se eternizar com a vida, o espírito de Deus que habita em nós, ele é o meu, o seu, o nosso verdadeiro e eterno Lumiar.

Por Maria Lúcia