A mão que Deus me estendeu está a acalmar o meu coração, pois é nesta mão que procuro abrigo, apoio e sabedoria. O meu senhor, me orienta nesse novo caminho que me pus a andar, decidi a lutar ao seu lado e não desistir de mim. Nos desafios do dia a dia ele sussurra em meu ouvido me dizendo como fazer e agir diante de cada obstáculo que aparece na minha estrada. É claro que quando começamos a dar os primeiros passos no caminho da vida, muita coisa passa a acontecer dentro do coração, os inimigos começam a atacar violentamente, passam a rondar o lar com mais frequência e só precisam de uma brecha para invadir a minha terra, os pensamentos ruins também se aproximam para me derrubar, mas diante de todo este cerco, eu busco ao meu Deus, peço por socorro e ele logo me arma com sua força e amor me fazendo entender que só pela compreensão eliminarei todas as serpentes que me perseguem.

Eu ouço o meu senhor e estou aprendendo a ficar de portas fechadas para o mal que me rodeia, sei que o próprio Deus me prova diante disso, pois percebo os detalhes que me acontecem no dia a dia, mas esta é a primeira de muitas lutas internas, o caminho é longo e há muito o que fazer para limpar-me, mas o primeiro passo já dei, me vi na merda, senti o meu próprio fedor, enxerguei como estava, me deparei na lama e admiti para mim mesma a verdade que refletia em meu espelho e na dor de minha alma clamei a Deus, pois me abominei por ter tal sentimento, levantei de minha miséria e determinei a enfrentar esse gigante ao lado do senhor, pois ele é minha arma e é junto dele que derrotarei o mal que em mim brotou e para cada não que digo aos meus inimigos, digo sim para o meu senhor e a cada passo que dou, vou ficando mais forte e firme e é Deus que com sua mão divina, o meu espírito, que acalma e orienta o meu coração nesta longa estrada da vida.

Por Maria Lúcia