Deus é espírito e sua existência espiritual não se mistura com a existência carnal, são dois seres opostos um do outro, onde um habita no plano celestial e o outro no plano material, mas as consciências fantasiam isto, elas idealizam na mente um deus carnal, um deus servente a elas, um deus que visa sua carne, um deus próprio que elas criaram para satisfazer as suas loucuras, as consciências inverteram os pensamentos e para elas Deus é quem tem que servi-las realizando seus sonhos e desejos carnais. Nós estamos dentro de um propósito e somos nós que temos que servir ao Criador com verdade e amor, pois há muitos enganadores filhos da mentira cantando, gloriando e exaltando, mas não a Deus e sim ao seu pai, o dito diabo, que engana as pessoas com falsa pregação e aparência de ser ovelhas de Deus. Na verdade do Senhor jamais se envolve dinheiro, pois Ele é puro e não se mistura com a sujeira desse mundo. Deus é espírito e devemos adora-lo em espírito e em verdade fazendo a sua vontade..

Por Maria Lúcia