A princípio de conversa o espírito de Deus é muito valioso, pois é o próprio quem já vivifica esse vaso de barro, a carne como sei, serve apenas para produzir a consciência e também para servir como instrumento de justiça de Deus, de resto para nada tem serventia. Então, valorizar a carne é errado, pois o tesouro não é o corpo carnal, mas o que está dentro dele o movimentando, fazendo seus olhos brilharem, o seu coração bater, sua boca falar, seus ouvidos ouvirem e estas funções de reações quem nos dá é o espírito que em nós habita pela vida. Então, é por isto que este ser eterno é muito valioso e importante para mim porque nele está a vida, o novo, a ressurreição, a esperança, a eternidade da consciência com vida no céu, este sim é a dádiva de Deus em nós, o anjo do Senhor e da aliança eterna, é a mão poderosa que desceu do céu para libertar nossos corações, é o Emanuel que veio de longe para nos dar seu sobrenome perpétuo, e a este precisamos exaltar, gloriar e honrar com todo o nosso conhecimento e amor….

Por Maria Lúcia