Nós sabemos que a nossa consciência pode fazer parte do corpo de Deus, mas para isso ela deve ser pura, pois o espírito é puro e ele não se mistura com outro elemento. A consciência precisa ter uma visão além deste horizonte e ampliar cada vez mais o seu universo. A consciência precisa crescer em sabedoria, ter compreensão do propósito da vida e realiza-lo dentro de si mesma. A consciência não pode ficar farejando este chão, mas ela precisa voar nas asas da sabedoria.

Enxergar pelos olhos do raciocínio e crescer cada vez mais no entendimento. O que a consciência enxergar é o que ela vai herdar, se ela não enxergar nada, não herdará nada. Por isso foi dito a Abraão: toda esta terra que vês te darei por herança. E hoje é dito a mesma coisa a cada um de nós. Por isso precisamos contemplar a sabedoria do divinal, compreender a grandeza do propósito de Deus, compreender a nós mesmos, como consciências, e crescermos cada vez mais no entendimento, para galgarmos a vida eterna das nossas consciências.

Por Kátia Campos