O auge da luz é o ponto mais elevado da sabedoria, a plenitude do ser espiritual. Não há nada mais pleno para uma consciência do que ela identificar-se com o espírito da vida, fazer-se uma com ele, transformando-se assim do ser animal, ao ser espiritual, assim como um dia fomos um sêmen e nos transformamos em seres humanos.

Esta é a grande evolução da vida, sêmen, ser humano e ser espiritual. Esta é a sequência lógica da vida. E o mais interessante e espetacular é que em todas estas fases da vida o espírito estava ali, ao nosso lado, fazendo acontecer cada transformação.

Mas hoje, como consciências, nós temos que nos limpar, nos desvestir da vestimenta velha, que é a carne, e nos revestir da roupagem nova, que é o espírito. Basta a consciência querer, que o espírito fará acontecer esta nova transformação dentro dela.

Não podemos olhar o propósito da vida com frieza, como se não fosse para nós, mas devemos ser sábios e estarmos dentro das leis e praticarmos o princípio com Deus para podermos gerar o filho da vida dentro de nossas consciências e quem fará acontecer esta metamorfose existencial dentro de nós será o próprio espírito que nos vivifica, ele é quem transporá as nossas consciências a uma outra dimensão.

Por Kátia Campos