Uma coisa que seria tão natural, uma verdade que nos tiraria do breu e acenderia a nossa luz interna. A salvação das nossas almas, o prosseguimento da vida, a razão de existirmos, e tudo entraria em sintonia. Uma paz para a alma, uma felicidade constante e tudo se encaixaria perfeitamente como Deus planejou.
Era para ser assim este mundo, todas as consciências saudáveis, realizando o propósito da vida, identificando-se com o espírito, deixando a velha vestimenta e revestindo-se da nova roupagem.

Uma nova metamorfose, um novo nascimento e todos se conheceriam pelo novo ser, em uma outra dimensão.
Mas não foi assim que aconteceu, todos pegaram a contramão da vida e foram pelo caminho da morte, uma coisa sinistra, e ninguém quer ouvir a verdade que liberta, mas vão atrás das mentiras que aprisionam suas mentes e as deixam vazias, ocas, podres. E como reverter esta situação?

Por Kátia