Passam-se os dias, os meses, os anos e nada muda, tudo continua igualzinho como sempre foi. Consciências individualistas, que só visam o bem de suas carnes e ninguém visa o bem do próximo e muito menos o bem de Deus. As consciências têm suas visões só nos sonhos da carne e ninguém tem a visão de querer saber qual é o propósito da vida, o porquê Deus nos criou. E o mundo está nesse caos o qual vemos, está nessa pouca vergonha, e as consciências em busca de um mundo melhor, mas não conseguem mudar nem a si mesmas, como conseguirão mudar o mundo? Só na cabecinha delas. Primeiramente devemos mudar a nós mesmos, mudar da água para o vinho, da carne para o espírito, aí sim teremos a mudança que tanto buscamos e almejamos. É dentro de nós que devemos mudar, não é do lado de fora, do lado de fora Deus já criou este mundo perfeito para a nossa sobrevivência, mas os seres humanos depois que produziram suas consciências destruíram com o planeta Terra e da herança de Deus que são as consciências, fizeram uma abominação. Deturparam com o propósito da vida, honraram a criatura, ao invés do Criador Deus.

Tudo já está dentro de cada um de nós, já temos a vida, ela é do espírito de Deus e é para este espírito que devemos entregar as nossas consciências e passarmos a andarmos por ele, só assim teremos a esperança da vida eterna das nossas consciências. E é isto que vejo do alto da minha montanha.

 

Por Kátia Campos