A cada fase da vida me fiz um personagem. Já fui um sêmen um dia, adentrei no óvulo de minha mãe e me transformei no meu segundo personagem. Dentro da barriga da minha mãe fui me transformando e quando estava na estatura completa de ser humano, nasci neste mundo. Cresci e aos poucos fui produzindo a minha consciência, fruto este que interessa ao Criador Deus. É este fruto que interessa ao propósito da vida, e me deparei com o meu próximo personagem dentro da minha história que já foi escrita por Deus, eu sou a consciência. É nesta consciência que se insemina a semente de Deus, isto é, é dentro da consciência que é gestado o filho da vida, que este por sua vez é o filho legítimo da vontade de Deus.

É um caminho radical, porém muito perfeito, pois para concluirmos o propósito da vida dentro das nossas consciências passamos por três fases da vida, e todas essas fases são necessárias para chegarmos ao reino de Deus.
Então desta magnífica história que Deus escreveu, precisei passar em cada fase por um personagem para assim fazer parte do majestoso Eu Sou. Em cada fase eu passei por uma transformação, de sêmen eu passei a ser humano, depois nesta fase humana produzi minha consciência para que dentro dela ocorra a metamorfose de ser humano a ser espiritual, que este sim é eterno, eu serei pelo espírito eternamente e ele será por mim, assim como o meu irmão Jesus disse: eu e o Pai somos um. Um só corpo, uma só cabeça sempre e eternamente.

Por Kátia