Muitos sonham neste mundo, todos almejam uma vida boa, uma família perfeita, filhos estudados e muitos objetivos a serem realizados. Um mundo de aparências, de quem pode mais, um ótimo serviço, amigos e sempre todos sonhando por uma vida melhor. Sonhos que não se acabam, mas que acabam com a própria consciência, pois são sonhos frustrados, que mesmo sendo realizados, são sonhos de areia, sonhos passageiros, que depois de concretizados qual a vantagem? Só o dizer: ah! Sonho realizado!

Tudo que a consciência se liga e projeta neste mundo se acabará, mas o único objetivo de termos vindo a este mundo é por causa da consciência que a criação humana produz, fora isso, tudo é frustração, justamente porque viemos a este mundo só pelo propósito de Deus, e somente este propósito realizado dentro de cada um de nós fará sentirmos a paz, o alívio de dever cumprido. Por isso todas as almas deste mundo são doentes, atormentadas, pois todas vivem com sonhos ilusórios, firmados nesta carne e nenhuma alma quer se firmar na rocha, na base eterna, que é o espírito santo de Deus. Ele já pulsa os nossos corações, é a nossa vida, o vindo de Deus. Bastava a consciência entregar-se em suas mãos, que o resto tudo ele faria. Devemos sonhar como será o céu, de como será este novo plano, como seremos pelo espírito, mas primeiro devemos realizar o propósito da vida dentro de nossas consciências, pois assim nasceremos no céu pelo espírito e veremos o reino celestial.

Por Kátia Campos