Uma aluna do Altíssimo com o nome de sabedoria, preparou suas cores reais para colorir com vida este dia. Diluiu as cores em água fabricando assim sua tinta, e as colocou com toda segurança bem perto de quem as pinta. Cores que transmitem o que é puro e que fazem parte do celeste, nelas não há nada impuro, pois são cores de uma nova veste. Pela leveza das mãos, a sabedoria caracteriza cada tom, e coloca em uma cartela as cores da forma correta para se usar. Com destreza deu a cada cor, um nome com grande valor, a cor da paz, da mansidão, da bondade, do conhecimento, da compreensão, do domínio próprio, do sentimento do amor e todos os nomes de sua parentela, que colorem a linha da vida com sua aquarela, para que a consciência cresça e com ela também a destreza de saber pintar, tecer e bordar os fios do manto da vida para no céu se apresentar.

Por Lauro Balbino