Planície perfeita encontrada dentro deste tempo, terra boa, abundante e produtiva para plantar, pois qualquer semente que cai nela não demora muito a brotar, é imensa sua dimensão a qual não dá para calcular, mas o que se sabe, é que o reino de Deus ela pode manifestar, e com isso podemos enxergar o tamanho deste campo, pois ele se refere a nossa consciência.
A consciência que produzimos é muito fértil, pois ela tem vários poderes e um deles é o pensar, todos os dias pensamos muito, desde o levantar até a hora de deitar, mas o grande detalhe é chegar nas conclusões, e é aí que entra o raciocinar, um outro poder dado a consciência para assim ela formar ideias dos pensamentos e dentro do entendimento ela tudo enxergar. Enxergar que ela está dentro de um propósito e que logo à frente há uma eternidade que vamos entrar, mas sabendo também que o corpo material nesta terra vai ficar, por isto é necessário cada consciência se encontrar e dentro de si mesma se enxergar como consciência, é uma autorreflexão se destacar no meio da própria multidão interna, pois isto é necessário fazer, pois só assim vamos nos conhecer e abrir a nossa mente para a verdade, pois o espírito que Deus nos enviou é o nosso corpo eterno e é por ele que vamos colher os frutos deste campo fértil.

Por Lauro Balbino