Todas as coisas criadas tem a sua função, pois nada do que existe foi feito sem razão, o ser humano pelas funções da consciência se tornou um criador de muitas coisas, visto que tudo que é para suprir a sua necessidade não demora de aparecer, como os meios de comunicações, de transportes e de vários outros itens que facilitam o dia a dia nesta curta estadia. Novos padrões e novas técnicas surgem constantemente para que de alguma forma a vida neste mundo fique mais longa, mas com toda esta evolução da ciência multiplicada, o ser humano se esqueceu que também é uma criação e com isto não consegue refletir na sua razão de existir, não da razão do que gostaria de ser, mas na verdadeira razão para que Deus o fez. Se pegarmos todas as criações que temos conhecimento, logo descobriremos para que elas servem, e com o ser humano não é diferente, o detalhe é que o produto não é aparente, e por conta disto o se esquivar da verdade é frequente. Mas neste tempo de escassez onde tudo é visto só do lado de fora, nos é chamado a tenção para ouvir de fato as batidas do coração, pois do lado de dentro o senhor vida está querendo mostrar a sua razão, o motivo que levou Deus a projetar a sua criação, é por causa da consciência, o fruto que não é aparente, mas é para o beneficio do Altíssimo que ele colocou esta função em todos os seres humanos.

Por Lauro Balbino