Toda história tem seu começo, seu meio e seu fim. E isto acontece com todos que entram neste mundo, muitos entraram e saíram sem dar tempo de contar a própria história, e outros percorreram longos caminhos, fizeram-se conhecidos, mas a morte chamou cada um em sua vez, muitas vidas ceifadas, páginas que foram viradas, os versos caíram na estrada, mas a vida não tem fim.

A minha história de vida, outrora eu quis escrever, mas descobri há tempo que não era bom eu mexer, pois o script da vida já é traçado e o Autor dela está aqui ao meu lado. As páginas foram viradas, pois não tinha como escrever, deram lugar as que são novas, pois a cada dia a vida escreve o seu saber.

Por Lauro Balbino