Um dia eu já fui pobre

Não conhecia o meu Pai Deus, me sentia só

Lutava pela vida como todos os mortais

E era mais um escravo de Faraó

 

Mas um dia fiz como Moisés

Matei um egípcio e desapareci

Fugi para um deserto

E muitos anos passei ali

 

Eu pensava em meus irmãos

Que ainda eram escravos no Egito

Até que um dia Deus me apareceu

E tive uma visão pelo raciocínio

 

A terra que eu pisava era santa

Então fui falar com os meus irmãos

Hoje ainda estou falando com faraó

Para tentar tira-los da escravidão

 

As pragas de Deus estão caindo

Vamos ver até onde eles vão aguentar se rebelar

Quando seus primogênitos morrerem

A terra prometida, não vão herdar

O teu espírito diz