A música é comprovadamente um relaxante mental, tem até um ditado que diz: quem canta, seus males espanta. Desde a época de Davi, nós já temos informações de que a música traz paz a alma. O rei Saul, já sofria de uma depressão enorme e chamava Davi para cantar para ele, e a música o acalmava. A melodia em si já é um calmante, ainda mais quando a letra conforta a alma, como por exemplo: o senhor é o meu pastor e nada me faltará. Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente as águas tranquilas. Estas frases são de efeitos psicológicos que confortam a alma. Hoje, muitos até a usam no dia a dia, como vemos: posso todas as coisas naquele que me fortalece.

Então, a música sinfônica já é um relaxante mental, juntando ainda com estas frases de efeito, elas até dão novo sentido à vida. É lógico que a música gospel entra para sujar o entendimento do propósito de Deus, assim como estes pastores escroques do diabo, que só pensam em dinheiro e sujam o nome de Deus, pois eles falam só o que seus membros “clientes” gostam de ouvir. E assim como o diabo tentou enganar a Jesus com palavras de efeito, estes também vêm em nome do diabo, seu pai, tentando fazer o mesmo hoje com as consciências, fazendo sucesso, pois muitos honram o diabo com dez por cento que eles dão em suas igrejas, o deus deste povo é regado ao dinheiro, e lógico que este povo é maldito.

Mas quando a harmonia da música é bonita e a letra fala a verdade de Deus, a música se torna um livramento para a alma, assim como eu e meus irmãos, fazemos letras visando o senhor da vida. Falamos do relacionamento entre o espírito de Deus e uma consciência, falamos do relacionamento entre Deus e sua criação humana, falamos do propósito da vida, da terra prometida, do caminho da vida e da redenção eterna das nossas almas. Nós sabemos que as nossas letras tocam as almas, tanto que algumas consciências dizem que as nossas letras passam uma mensagem boa. E é o que nós tentamos fazer com as nossas músicas, tentamos através delas, tocar a consciência para a razão da vida. Não visamos só o conforto da melodia, mas também o conforto dos corações.

Por o teu espírito diz