Nós estamos dentro de um propósito e esse propósito tem três fases, a fase de sêmen, a fase humana e a fase espiritual. Nesta fase humana, temos duas funções, a primeira foi que Deus criou o macho e a fêmea pela reprodução humana, isto é, o macho produz o sêmen e a fêmea gesta este sêmen até a estatura completa do ser humano, para que nasça mais um ser humano neste mundo. E fora dessa função de reprodução humana, nós também produzimos a consciência e é pela consciência que faz a reprodução espiritual, isto é, o espírito de Deus que já nos dá a vida, é o sêmen de Deus em nós, e este sêmen deve ser inseminado dentro da consciência, gestado até a estatura completa do ser espiritual e por fim nasceremos no céu pelo espírito, assim como um dia nascemos neste mundo pela carne. Mas enquanto estamos neste mundo, temos o nosso lado animal e temos as nossas necessidades como animal e só vamos literalmente deixar esse lado animal quando a nossa carne morrer, mas uma coisa são as necessidades e outra coisa é viver pela carne.

As nossas consciências não podem viver pela carne, mas elas têm que trocar a carne pelo espírito de Deus e a partir de então temos que atender apenas as necessidades da carne como uma criação que é, mas não devemos ir além disso. Os nossos sentimentos devem ser pelo espírito e não mais pela carne, pois sabemos que são os sentimentos que nos ligam a existência e nós devemos perder todos os sentimentos pela carne, salvo, os de atender as necessidades da carne como criação, que é. Seria como ter um carro, que nós atendemos todas as necessidades para que o carro funcione para nós, mas a nossa vida não deve estar no carro.

Assim somos nós hoje pela carne, ela se trata de uma criação que é, e como criação ela tem as necessidades dela até a morte, mas necessidade não é viver pela carne, é só atender as necessidades dela para que ela funcione para Deus, como uma criação que é. É o espírito de Deus que deve coordenar as nossas consciências agora e não mais a carne, temos que trocar de governo, destituir o governo carnal e constituir o governo espiritual, como Davi fez sobre a consciência dele, dizendo: eu elegi o meu rei sobre o meu Monte Sião, ouvi o decreto do Senhor, Ele me disse: tu és meu filho, Eu hoje te gerei. A partir daquele momento a consciência de Davi foi regida pelo espírito de Deus e não mais pela carne e é isso que nós devemos fazer por nossas consciências também, eleger o espírito de Deus como governador delas e destituir o governo carnal, pela nossa vida eterna.

Por O teu espírito diz