Vai ser um dia triste

Quando as pessoas te verem partir

Vai seguir em frente no nada

Sem direção a seguir

 

Cairá no seu breu solitário

Deixou sua luz ir embora

E só foi atrás do que morre

Pensou que tudo era na sorte

 

Até a sua hora da morte

Sua alma viu falhar

Perdeu a chance do teu resplendor

Deixou sua estrela apagar

 

No teu infinito de dor

Nem dentes terá para ranger

Só sofrimento e rancor

Lembrará da vida e vai doer

 

Um sol a cada amanhecer

Deixou apagar essa luz

Dentro da tua candeia

Não há nada que reluz

 

Não foi atrás do azeite

O seu dia inteiro pôs-se a dormir

Agora na noite tudo fechou

E não haverá amanhã para sorrir

Por O teu espírito diz