A hermenêutica da palavra subsequente é o que vem depois, o seguinte, o imediato. Dentro do propósito de Deus, temos três fases, a saber: a fase de sêmen, a fase humana e a fase espiritual. O caminho da vida é só de ida, ele não tem volta e a ordem é justamente esta, sêmen, ser humano e ser espiritual. Ninguém volta a ser sêmen novamente e depois da fase humana, também ninguém volta a esta fase humana, ou você passa por essa sequência de sêmen, ser humano e ser espiritual, ou simplesmente a tua consciência sairá fora do caminho da vida.

Deus já criou todas as coisas perfeitamente, criou o macho e a fêmea por causa da reprodução humana e a consciência que o ser humano produz é quem faz nossa reprodução no espírito, isto é, foi necessário passarmos pela fase humana para chegarmos no seu espírito, porque sem a fase humana não teríamos consciência e sem consciência não teríamos como nos gestar no espírito. Sem o macho e a fêmea não teríamos reprodução humana e sem a consciência e Deus não teríamos a reprodução espiritual. A reprodução espiritual é seguida da reprodução humana, pois depende do ser humano para produzir a consciência para dar sequência ao propósito de Deus. Isto é extraordinário, estamos dentro de um propósito e esta fase humana é apenas a segunda fase deste propósito.

Nós estamos dentro disso, a vida eterna da tua consciência vai depender exclusivamente dela, pois da parte de Deus já está tudo montado dentro de nós. O difícil é fazer a consciência entender o propósito de Deus e praticá-lo, o entender é a porta estreita de que Jesus falou e o caminho apertado é a prática, pois a consciência tem que se desligar da carne que a produziu e se ligar no espírito de Deus pela vida eterna. O espírito de Deus já está dentro de nós pela vida, basta a consciência enxergá-lo pelo entendimento e fazer a troca, a própria consciência sabe que a carne vai morrer, ninguém se livra disso. Na lei está escrito que uma hora o pó volta ao pó como era e que o espírito volta a Deus que o deu.

Então a consciência tem um prazo para realizar a obra de Deus, que é enquanto o espírito está nos dando a vida, pois uma vez o espírito voltou a Deus, não tem mais como a consciência realizar esse propósito. Jesus disse a Nicodemos que o nosso nascimento espiritual é subsequente ao nosso nascimento carnal, pois tivemos que vir na carne por causa da consciência que produzimos, e é nesta consciência que geramos o espírito e nasceremos nele lá no plano do céu.

Por O teu espírito diz