Estamos dentro de um propósito e este propósito é de Deus. Ele criou todo este universo para uma finalidade que interessa a Ele, e cabe a cada um de nós descobrirmos e realizarmos este propósito. Não adianta inventarmos nada, pois o propósito da vida já está traçado por Deus, e nada mais justo e racional do que perguntarmos ao próprio Criador o porquê Ele nos criou. Se perguntarmos com um coração puro, sem má intenção, com certeza Ele nos ouvirá e nos revelará qual o sentido da vida.
Eu descobri qual a razão da existência humana, Deus, o nosso Criador, criou os seres humanos, por causa da consciência que produzimos como criação, esta consciência que o ser humano produziu é a finalidade de toda esta megaestrutura que Deus criou. Tudo foi criado para a sustentação do ser humano por causa da consciência que ele produz.

O sentido da vida é único, não tem atalhos, mas é um caminho reto para prosseguir com a vida. Fomos um sêmen um dia, e para continuarmos com vida, o sêmen precisou adentrar no óvulo da mulher, pronto! O meu adentrou, todos os outros que estavam comigo e não adentraram no óvulo, caíram no ralo eterno. Mas, o meu sêmen continuou com a vida e foi se transformando em um novo ser dentro do ventre da minha mãe, e na estatura completa de ser humano, eu nasci aqui neste mundo. Fui crescendo, produzindo a minha consciência, fui enxergando tudo deste mundo, produzindo consciência de todas as coisas, até que me foi apresentado o espírito de Deus, este que já me dá a vida. Produzi consciência do meu espírito, o sinto dentro de mim, e vejo sua mão agindo em tudo. Descobri que a minha consciência agora faz o papel de esposa, Deus agora faz o papel de esposo, e a relação que eu devo ter com Deus, é uma relação íntima, que envolve muito raciocínio nas palavras que Ele me fala. Desta relação íntima surge o gozo do entendimento, que me dá muito prazer em enxergar todas as maravilhas que Deus me revela.
O espírito que habita dentro de nós é a semente de Deus, e é esta semente, através desta relação íntima, que é inseminada dentro da consciência, e através do puro leite racional, esta semente vai se desenvolvendo dentro da consciência até a estatura completa de Cristo, isto é, o corpo espiritual vai se formando dentro da consciência e quando este corpo estiver na estatura completa, nascerá no plano do céu pelo espírito. E este corpo material que foi para produção da minha consciência, ficará para trás, e eu, consciência, prosseguirei com o meu novo corpo espiritual agora, no plano do céu eternamente. Este é o sentido da vida e fora deste, a consciência perderá o rumo e cairá no vazio das trevas eternas.

Por Kátia