Ver além é buscar enxergar pelo olho do raciocínio lógico até chegarmos no entendimento perfeito de tudo que queremos saber. Com o olho carnal só enxergamos as coisas deste mundo, mas com os olhos do raciocínio viajamos nos pensamentos, voamos no mais alto dos céus e enxergamos coisas que jamais pensávamos enxergar. Enxergamos toda a sabedoria que nos envolve, a sabedoria do nosso Criador. Precisamos ampliar a nossa tenda e deixar a sabedoria entrar, eu sou a consciência e a minha função é raciocinar pela lógica para que todas as coisas se manifestem e se mostrem como são. A consciência que raciocina enxerga que é o produto da criação, que tem uma função a executar para o bem de Deus.

Na carne somos apenas uma criação, e esta criação produz a consciência, e é exatamente nesta consciência que realizamos a vontade do nosso Criador. Basta se entregar ao espírito que ele mesmo a fará entendida de tudo que precisa fazer para agradar a Deus. Estamos dentro de um propósito e temos que o realizar para sairmos na próxima etapa da vida, não viemos aqui por nossas vontades carnais, mas sim pela vontade de quem nos criou. Houve leis e princípios praticados para eu nascer neste plano material, agora também há leis e princípios a serem praticados para eu nascer no plano espiritual, e consciência nenhuma é escolhida para nascer no plano espiritual, mas é ela mesma que tem que passar pelo caminho da vida, se entregar ao espírito que ele mesmo a purificará de todo engano, até que fique pura, sem nenhum resquício carnal, se torne alma cristalina, onde o espírito entrará e fará nela a sua eterna morada.

Por Rozivane Pereira