Vamos falar de um ritual que praticamente abate todas as consciências de Deus, este ritual é a idolatria. A idolatria é a adoração que a consciência tem a qualquer coisa, ou a objetos, ou a lugares, que se julgam santos, ou sagrados a Deus. As nossas consciências devem se prostrar somente diante de Deus, e para isto ela deve estar ligada ao espírito que Deus nos assentou pela vida. Como Jesus disse: Deus é espírito, e importa que os seus adoradores o adorem em espírito e em verdade. Não devemos adorar Jesus, ou a Maria, ou a santo nenhum, nem a cruz que é a imagem da besta, nem a templos e igrejas feitos por mãos de homens, ou a bíblia, mas as ligações que as nossas consciências devem ter é exclusivamente com Deus, e o único que nos liga a Deus, é o espírito que o próprio Deus nos assentou. Se a tua consciência se ligar no espírito, automaticamente ela está ligada a Deus, mas se ligar a qualquer objeto inanimados ou amuletos, está ligada ao inferno. Isaías disse: Nada sabem os que conduzem em suas procissões as suas imagens de esculturas, feitas de madeira pela mão do homem, e rogam a um deus, que não pode salvar. Jeremias também disse: Embruteceu-se todo homem, e não tem ciência. Envergonham-se todos os ourives de imagens de esculturas, porque a sua imagem de fundição é mentira, e não há espírito nenhum dentro delas. Vaidades são, obras de enganos, no tempo que eu as visitar perecerão. No primeiro mandamento de Deus, Ele já disse: Eu sou o Senhor teu Deus, que te tirei da terra do Egito e da casa da servidão. Não terás outros deuses diante de mim. Não farás para ti imagens de esculturas, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem embaixo da terra, nem na água debaixo da terra. Não te encurvarás a elas e nem as servirás. Quando me viste no monte Horebe, me apareci no meio do fogo, e semelhança alguma vistes, para que não façais nenhuma imagem.

É isto meus queridos, eliminemos a tudo das nossas vidas, e só sirvamos a Deus em espírito. Estes são os verdadeiros adoradores de Deus.